Buscar
  • Grupo MX Automação

Somos STONE! [Grupo MX + LINX + Stone = Sucesso]


O que esta fusão trás de vantagens para os empresários de um modo geral?


Com a compra, a Stone Co, uma das maiores e mais eficientes adquirentes do país, trás para a sua operação a LINX que já era líder no mercado nacional em soluções de tecnologia para o varejo e que agora conta em seu portfólio das soluções financeiras Stone. Pode-se dizer que foi o casamento perfeito.


E quem ganha é o empreendedor que vai ter o melhor dos 2 mundos em um só lugar.


LINX Sistemas

Soluções em tecnologia para:

- Lojas & Varejo

- Bares & restaurantes

- Postos de combustível

- Farmácias

- Aplicativos de Delivery

- TEF & Conciliação




Soluções Stone

A Stone por sua vez conta com um leque completo de soluções financeiras como:

- Taxas de cartão

- Conta digital

- Conciliação de recebíveis

- Cartão de crédito

- PIX

- Link de pagamentos

- Hub de pagamentos web



Grupo MX Automação

Somos uma empresa que já atua a mais de 42 anos no mercado de automação comercial integrando tecnologias e provendo soluções de ponta para nossos clientes. Somos franquia LINX & Stone

Saiba mais: www.grupomx.com.br


Dentre nossos produtos mais procurados estão:

- Sistema de gestão em nuvem

Linha LINX

Linha MX

Linha Secullum

- Equipamentos para automação comercial e informática

- Módulo Fiscal Eletrônico e impressoras

- Leitores de código de barras

- Relógios de ponto eletrônico

- Certificados digital Serasa Experian

- Taxas de cartão de crédito e débito

- Treinamento e capacitação de times

- Implantação e configuração de sistemas e estrutura


Fale conosco e agende uma apresentação sem compromisso.

Contatos:

Site: www.grupomx.com.br

Email: sac@grupomx.com.br

Whatsapp & Telegram: (85) 98814-0789



Notícia


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da produtora de programas para varejo Linx (LINX3) pela empresa de pagamentos Stone.

No fim de maio, o relator do processo, conselheiro Sérgio Ravagnani, havia pedido prazo de até mais 90 dias para a conclusão da análise.


Nesta quarta-feira, Ravagnani negou recursos de concorrentes, entre elas a Cielo, e disse que o negócio não traz prejuízos à concorrência.

“O mercado de software tem caminhado para convergência e deve continuar crescendo nos próximos anos em decorrência da competição acirrada. O Cade está e estará atento a esses mercados”, afirmou.


Em novembro do ano passado, acionistas da Linx aprovaram a oferta de aquisição da empresa feita pela processadora de cartões Stone, em um negócio de aproximadamente R$ 6,8 bilhões.


Fonte Info money




83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo