Buscar
  • Grupo MX Automação

Você já percebeu lentidão na impressão de nota fiscal no Ceará? Empresários culpam a Sefaz

O processo de fiscalização online a transações por crédito e débito, adotado no Ceará, gerou lentidão na emissão das notas fiscais


Empresários cearenses relatam prejuízos por problemas para emitir notas fiscais pelo sistema que passou a ser exigido pela Secretaria da Fazenda do Estado desde 2018. O Módulo Fiscal Eletrônico (MFE) foi implantado para aumentar a fiscalização sobre as transações a partir da transmissão de informações de ações de crédito e débito à Secretaria da Fazenda (Sefaz). No entanto, em diversos estabelecimentos, a lentidão na emissão das notas tem atrapalhado o atendimento aos clientes e, em algumas ocasiões, até provocado filas.

O presidente da Associação Brasileira de de Bares e Restaurantes, Rodolphe Trindade, relata que, além da lentidão, o sistema cai constantemente, o que prejudica a relação com os clientes e a atividade do setor.

“Isso aí o cliente não entende. Ele acha que é o próprio estabelecimento que está com problemas no seu sistema. Ele não entende que o sistema é da própria Sefaz. Naquele momento, ele tem um mal estar com seu cliente, frequentador, e além do mais ainda tem uma perca econômica. Isso é terrível porque são dois eixos que não tem como recuperar. Não tem como recuperar o cliente insatisfeito”, explica Rodolphe, em entrevista à Rádio Tribuna Band News FM.

Nos supermercados, os problemas no MFE também geram queixas. Como apenas 20% dos estabelecimentos estão habilitados para realizar a transação até o momento, o presidente da Associação de Supermercados do Ceará, Engel Rocha, manifesta a preocupação sobre quando a ferramenta for utilizada por todas as empresas.




“Mas a gente tem uma certa preocupação também. Atualmente, são alguns estabelecimentos que já têm esse sistema. Quando todos os estabelecimentos forem obrigadas a fazer esse mesmo acesso, será que o acesso a internet, ou seja a infraesturutra da Sefaz, vai comportar todos os supermercados fazendo toda sua movimentação através desse sistema? Então fica uma incógnita aí””, disse o presidente da associação.

E mesmo cumprindo todas as exigências da plataforma, como conexão exclusiva pela internet, os problemas persistem. Alguns estabelecimentos estão tendo custos extras com conexões para conseguir faturar as notas. Apesar disso, Rodolphe Trindade relata que as medidas dos estabelecimentos para tentar resolver o problema não têm adiantado e a lentidão continua.

“No meu caso, por exemplo, eu coloquei uma conexão exclusiva para o sistema, retrabalhei toda o hardware para ter aparelhos mais eficientes, mais rápidos, e não mudou nada. Não mudou muita coisa não porque realmente depende do sistema. Não depende só do hardware e da conexão, realmente é um sistema que tem problema”, explicou.

A produção da Tribuna Band News FM entrou em contato com a Sefaz e aguarda pronunciamento da pasta.


Fonte: http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/negocios/voce-ja-percebeu-lentidao-na-impressao-de-nota-fiscal-no-ceara-empresarios-culpam-a-sefaz/


Quer usar um sistema sem problemas junto a sefaz? Escolhe um software do Grupo MX Automação. Fomos um das primeiras empresas a homologar o MFe e portanto estamos muito a frente de outras empresas de software que ainda estão engatinhando com problemas básicos, os quais já superamos.


Fale conosco.


https://www.grupomxautomacao.com.br/faleconosco




20 visualizações