Buscar
  • Grupo MX Automação

CPF na Nota fiscal obrigatório


O Governador do Estado do Ceará, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos IV e VI do art. 88 da Constituição Estadual, e Considerando a necessidade de alterar a legislação estadual,


Decreta:


Art. 1º O Decreto nº 31.922 , de 11 de abril de 2016, passa a vigorar com o acréscimo do art. 29-A, nos seguintes termos:


"Art. 29-A. Os estabelecimentos enquadrados na CNAE-Fiscal 4711-3/01 (Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados), bem como os contribuintes atacadistas usuários de equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF) ou Módulo Fiscal Eletrônico (MFE), em todas as operações cujo valor seja igual ou superior a R$ 200,00 (duzentos reais), ficam obrigados a indicar no cupom fiscal, CF-e, NF-e ou NFC-e, conforme o caso, o número da inscrição no CPF ou no CNPJ do comprador ou destinatário ou, tratando-se de estrangeiro, do documento de identificação admitido na legislação civil." (NR)


Art. 2º Fica revogado o § 1º do art. 24 do Decreto nº 29.907 , de 28 de setembro de 2009.

Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


PALÁCIO DA ABOLIÇÃO, DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, aos 30 de janeiro de 2020.


Camilo Sobreira de Santana

GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ


Fernanda Mara de Oliveira Macedo Carneiro Pacobahyba

SECRETÁRIA DA FAZENDA


Todos os sistemas desenvolvidos ou representados pelo Grupo MX Automação estão preparados para a exigência da Sefaz.


#Modulofiscaleletronico

#Mfe

#Sistemadegestao

#automacaocomercial

#cupomfiscal

#cpfnanota

#cnpjnanota






18 visualizações